domingo, 19 de setembro de 2010

Divagações tem de ser curtas .



Porque falar de artes e filosofia é muito, muito legal, mas quando o papo se estende de tal forma que você já está discutindo a razão metafísica da Monalisa estar sorrindo sem mostrar os dentes, ENCERRA O ASSUNTO CARA.

Divagações realmente curtas : 
Brasil: como se já não bastasse todo exotismo que os americanos e europeus lhe atribuem, ainda é o único país do mundo com o nome de uma árvore.

Um professor meu disse: "há dois tipos de burro: os que pensam que são Deus...
                        E os que têm certeza disso!" - Hilário e verdadeiro.

Divagando sobre homens: bobos como cachorro;
Sobre mulheres: misteriosas como gato.

Divagando a la William Bonner

Boa Noite.

O nada é a representação em sumo do completo vazio absoluto enforçado pela existencia do vácuo. mas o vácuo é a ausencia do ar, e existindo a ausencia do ar ALI, em algum lugar tem que haver O AR. senao ngm saberia oque é ar, e logo ninguém saberia oque é VÁCUO. oque faz com que o NADA nao existe, pois para nao haver nada, em algum lugar tem que haver alguma coisa. e havendo em alguma coisa em algum lugar, isso nao pode ser chamado de NADA.[enfim, não existe o nada].




3 comentários:

  1. gostei da divagação de Willian Bonner - Boa noite!

    ResponderExcluir
  2. misteriosas como gato...miiiiaaaauuuuuu

    ResponderExcluir
  3. hehe misteriosas como gato...miiiiaaaauuuuuu +1

    ResponderExcluir